3.06.2014

ida a casa e ilustrarte 2014

desde o início da Ilustrarte que nós marcamos presença. uma forma de descobrir o que de bom se faz lá fora.

confesso que tenho alguma pena de ver poucos ilustradores portugueses tratando-se de uma iniciativa "nossa".

ao contrário do ano passado, o espaço que tinha tudo para ser feliz, revelou-se muito frio.

enormes blocos de esponja têm sido ao longo dos dias como que ratados. (espero que por mãos pequeninas)

um jogo de formas cria uma dinâmica e o próprio material convida de facto à permanência sobretudo nos blocos mais baixos, mas é apenas um jogo de formas, pois a intenção não é a de sentar, obrigando a estar em algumas situações em posições um pouco incómodas.

do que mais gostámos ficou


o trabalho da alemã Johanna Benz e vencedora do prémio Ilustrarte'14

as duas menções especiais

Urszula Palusinska da Polónia.



o argentino Diego Bianki, com o livro "Rompecabezas"

os meus sentidos perderam-se no traço da italiana Vitoria Niccolai.


outra italiana, Elisa Talentino.



na memória ficam ainda nomes como Whooli Chen (República da China), Carmela Mayor (Espanha), Renata Bueno (Brasil),  Narges Mohammadi (Irão), Satoe Tone (Itália), Claire Le Gal (França) e a dupla suíça.

um futuro post dedicado à artista convidada Chiara Carrer

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...