1.02.2014

mãe é casa


 

já tinha falado deste livro aqui e apesar de não ter sido um presente de Natal nós fizemos com que fosse.

há uns dias que o passeamos pela casa porque sabe bem tocar nas imagens e o cheiro ainda não se confunde com os de outras tantas páginas.

as ilustrações transportam-nos no tempo.

"mãe é casa redonda, macia e andante."

consciente da decisão não frequentei aulas pré-parto, não andei a mudar fraldas a bonecos, já o tinha feito em pequena, mas li, li muito e esperei que a natureza cumprisse a sua função.

"Pôs-me neste mundo,
nu, pequeno e terno"

a tua natureza apressada fez-te nascer às 38 semanas, com 3,400kg, 51 cm e duas horas de parto.

por decisão minha não levei epidural. doeu. sim, muito, mas no minuto a seguir a dor desapareceu e deu lugar à contemplação.

às vezes pergunto-me num tom pequenino, se tivesse levado 10 e 12 horas de parto se teria mantido a mesma decisão.


"dá-me o seu peito de leite materno"

 

e orgulhosa de ter abraçado este projecto

e por falar em contemplação este grande projecto da fotógrafa Jenny Lewis, one day young



Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...