1.25.2014

dias contados

a contar os dias. os minutos. os segundos. na boca fica o sabor amargo de quem não conseguiu cumprir tudo a que se propôs fazer no dia anterior.

a fazer o que gosto não me sobra tempo para outras tantas coisas de que preciso e também gosto.

conto o meu tempo e o do M., que em troca de tantos trabalhos de casa, também lhe apeteceria fazer outras coisas como brincar.

há dias em que o teu colo é mais preciso.

e há corações que teimam em aparecer

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...