10.14.2013

assim

"Sente-se mais à vontade quando estamos só eu e ela e adormecemos encostados um ao outro, no sofá, ou quando passeamos pelo meio das árvores"
"Faço tudo com a alma. E se não conseguir fazer com a alma, faço à mão."
"Um hotel de cinco estrelas é pouco para mim, preciso de um com muitas estrelas.[...]Uma noite bem passada nunca mais acaba."

Para o Manuel o Afonso é o pai de dois amigos. Não é um escritor brilhante e como ilustrador foge ao seu imaginário, que por estes dias anda para os lados da Manga.
Para o Manuel o Afonso é quem cozinha. Tocar talvez.
Mas a verdade é que quando apanha um livro do Afonso devora-o e acrescenta, - não é que o Afonso sabe mesmo da vida -, a propósito do Livro do Ano quando escreve "Quanto mais facilidade uma música tem em entrar na cabeça, mais dificuldade tem em sair."

"Assim, mas sem ser assim" é, ao contrário da curta da Regina Pessoa "História trágica com Final Feliz", uma história feliz com um fim trágico, pensa ele.


O M ainda não viu o livro "Para onde vão os guarda-chuvas", que começa com uma história para crianças, mas sei Afonso que vais ter de lhe explicar porque razão é uma história para as crianças que já não acreditam no Pai Natal

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...