10.18.2013

Tolstoi e Pakhomov


 


Contos para Crianças de Leão Tolstoi (1828-1910) é um livro que reúne os melhores contos infantis deste grande escritor russo e ilustrado pelo pintor A. Pakhomov. Edições Ráduga, Moscovo, 1984.


Alexey Fedorovich Pakhomov (1900-1973), pintor da vanguarda russa, mestre em litografia e um excelente artista gráfico. Em 1915 a pedido de Zubov, ex-ator e um apaixonado pela arte, o jovem artista vai estudar para Petrogrado, hoje São Petersburgo.

A Revolução Russa (Revolução de Outubro) ocorrida em 1917 marca um ponto de viragem em diferentes áreas. Muitos são os russos que fogem para o México, privando com artistas de renome como Diego Rivera e Frida Kahlo.

Em 1919 nasce na Rússia um movimento estético-político que ficou designado por Construtivismo Russo. Uma arte que servia objetivos sociais. A construção de um mundo socialista, com igualdade de oportunidades.  Nessa altura dá-se uma fusão de duas escolas, a escola de pintura, escultura e arquitetura em Moscou Stroganov,  e a escola de artes aplicadas. Estas eram o centro de três grandes movimentos de vanguarda na arte e arquitetura: o construtivismo, o racionalismo e o suprematismo. Nasce assim a escola de Vkutemas, tendo como seu fundador Lénin. Uma escola que tinha como principal objetivo preparar artistas para o setor industrial.
De entre os seus professores destaca-se Lebedev, que marca o seu percurso na ilustração infantil, a que se dedica a partir de 1925, conferindo-lhe uma nova dinâmica, associando a imagem ao lettering.

As figuras humanas a grafite têm uma força e uma doçura que não consigo encontrar no desenho dos animais.

Por agora andamos de volta do traço. Dos sentimentos que transportam.
Um dia destes partilhamos um conto.

O que o M. já viu. O Centro Cultural de Cascais acabou o ano (2012) com a exposição “Vanguardas Russas

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...