7.31.2013

Pantone 667 C



Há uns meses que o médico da casa me transformou numa espécie de homeless gastronómica depois de achar que eu sofria de uma colite espástica. Retirou-me em boa verdade quase tudo, pelo menos o que eu gostava e limitando-me em jantaradas em casa de amigos sob pena de ficar sem comer. O café com leite tornou-se numa espécie maçã envenenada, o que fez com os meus pequenos almoços passassem a ser acompanhados de chá. Foi preciso meses para digerir o meu mau feitio matinal que era apaziguado com um belo café. Mas nesta coisa de posso ou não posso comer e numa lista que me acompanhou nos primeiros tempos, vinha de facto a proibição do leite, mas com a salvaguarda de experimentar sem lactose. Acredito que nessa lista também deveriam constar os derivados do leite, como os iogurtes e os queijos. Mas como boa paciente que sou, cumpri religiosamente as proibições, claro e como não estavam continuei a comer os queijos mais gordos que existem no mercado. gosto.
Hoje e porque percebi que tenho mesmo de mudar algumas coisas, passei a comer iogurtes e leite derivados de soja
. Ando fascinada pelo iogurte de mirtilhos, não sei bem se pelo sabor ou pela cor.
A juntar ao Pantone Project

apaixonada estou também por este livro que acho que não vai entrar sequer para a minha wislist

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...