2.24.2013

achimpa e o novo acordo


Achimpa, de Catarina Sobral, editado pela Orfeu negro, conta-nos a história de um investigador que um dia descobriu num velho dicionário a palavra achimpa, claro. Claro, é que as pessoas também não sabiam onde aplicar a nova, velha palavra. Não sabiam o seu significado nem a que classe de palavras pertencia.
Achimpadamente ao longo do livro vemos de um modo achimposo como cada um a aplica. Um livro divertido para leitores achimpíssimos e que nos leva a reflectir na trapalhada que tem sido o novo acordo ortográfico e em todas as "manifestações" à volta do mesmo.
Quem sabe se achimpa não poderá entrar num novo acordo ortográfico num apelo à língua viva.
Da minha parte posso dizer que a minha wishlist diminui um livro... o que em boa verdade não significa nada.

Por outro lado o M. envolveu-se num alto próprio de epopeia, pois decidiu reler todos os livros e catalogá-los, o que deita por terra a minha catalogação. Deste feito contam-se já 127 livros

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...