10.15.2012




Educar não é fácil, aprendemos todos os dias com os nossos próprios erros, mas acredito que a criatividade é um ingrediente fundamental nesta arte tão complexa. Complexa porque somos todos tão diferentes e receptíveis a estímulos tão variados. Uma coisa tenho como certa, é preciso tempo. Criatividade e tempo. Ritmo que temos de respeitar e saber contornar.
Já tinha manifestado a vontade de iniciar o Manel no mundo de Jacques Tati, com o famoso Sr. Hulot, personagem inadaptada, habituada ao seu mundo caloroso, em contra ponto a uma sociedade rendida à tecnologia e ao exibicionismo, mas era preciso tempo e uma boa dose de criatividade, afinal estou a falar de filmes do fim dos anos 40 ao anos 70 de 1900.
A editora Kalandraka pelas mãos de David Merveille deu o pontapé de saída nesta abordagem, com "O Papagaio de Monsieur Hulot", uma figura que por si só já capta o olhar dos mais pequenos. De gabardina, meias às riscas, guarda chuva e cachimbo, é sem dúvida um reflexo do seu humor. Um humor inteligente. E através do livro chegámos ao primeiro de três filmes que quero partilhar com ele. Ontem vimos “O meu tio” (Mon oncle), de 1958. O quase silêncio é satirizado pelo caminhar das personagens, por um complexo labirinto que antecede a porta da casa de Hulot e por uma fonte que só é ligada com a chegada de uma visita. Convém lembrar que o filme passa-se em França no pós-guerra e em plena recuperação económica e, portanto, para a classe alta, muito fixada em ostentação de riqueza. De um humor simples e subtil, este filme conta ainda com um visual fantástico, e, apesar dos poucos diálogos assegurou umas risadas espontâneas. O grande reparo pela parte do M. prendeu-se com o título, sugerindo antes, “Momentos com o meu tio”. Vencedor de inúmeros prémios nomeadamente no Festival de Cannes em 1958, não consigo ficar indiferente às capas desta reedição da Atalanta filmes, e que apesar de algum esforço não consegui saber quem as desenhou, mas que mãe e filho aconselham vivamente.

E ansiosamente que "A Coisa Perdida" de Shaun Tan chegue às livrarias
As palavras que surgem a azul são informações adicionais com links específicos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...