5.02.2011

recém chegado

Há um momento de medo, ansiedade, em que pegamos no "nosso" último livro e o abrimos. Medo de não estar bem impresso, do corte, do texto em cima das ilustrações. Medos. Depois ficamos felizes.
Ao folheá-lo damos por nós a pensar que teriamos resolvido aquela página de outra maneira. E ainda bem que é assim.
Sentimos uma dada estranheza. Aquelas páginas não são só nossas, nem do autor, mas sim de tanta gente que ao longo destes anos me tem acompanhado.

A Luisa sem saber entra de mansinho nesta coisa dos "meus livros" e entra quase desde os primeiros, sem intensão, mas permanece lá para sempre.
Num amontado de papéis lindíssimos onde me perco em leituras, sei, que ao chegarem mimos destes a casa, eu me enamoro deles. Também neste livro, tu, estás presente.

Os meus outros amores guardo-os em mim. 

e obrigada a um menino que me explicou tudo sobre dragões

6 comentários:

  1. Muito bem!
    Tenho que ir procurar.
    Tudo bem com vocês?
    beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  2. Irei seguir este blog com cuidado.
    Estas ilustrações são maravilhosas e o resto que vi promete.

    ResponderEliminar
  3. sou fã absoluta. e o livro, quando me passar pelas mãos, não o deixarei escapar! :)
    bjos e parabéns por mais um belo projecto!

    ResponderEliminar
  4. Rute, estou apaixonada pelas tuas ilustrações. é tudo tão bonito. Olha, fazes-me sonhar com uma série de coisas novas que posso criar. Mas juro que não me atrevo a ser tão mágica. Falta-me essa imaginação prodigiosa e esse poder especial de transformar os materiais em verdadeiras obras de arte e em docinhos para os olhos...

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...