4.09.2009

para dormir






À medida que a criança cresce e que toma consciência do mundo envolvente surge muitas vezes períodos de medos, receios e preocupações.
Estas emoções são sentidas por todas as crianças com diferentes graus de intensidade, marcam diversas etapas no desenvolvimento mas por vezes impedem a criança de avançar.


No entanto o medo desempenhou sempre uma função muito específica, que era o de proteger o indivíduo de eventuais perigos e quando o ser humano é confrontado com uma situação percepcionada como ameaçadora, ele prepara-se não só no plano psicológico como no biológico. O medo tem assim uma função adaptativa e deve ser considerado, dentro de determinados limites, como útil.


No caso de Billy, o menino da nossa história, os seus medos chamam-se preocupações, e têm como causas sapatos, chapéus, chuva ou pássaros gigantes. O que o texto não diz, é que as preocupações do Billy acontecem apenas quando tenta dormir, à noite, na sua cama. A avó dá-lhe a conhecer as “bonecas das preocupações”.

Há uma lenda que diz que o povo da Guatemala contava à noite as suas preocupações aos bonecos e colocavam-nos debaixo da almofada e na manhã seguinte os seus problemas tinham desaparecido.
Uma tradição das crianças guatemaltecas que se espalhou a várias partes do mundo.

Outras bonecas

As preocupações do Billy de Anthony Browne editado pela Kalandraka, 2006

2 comentários:

  1. tenho um bonequinho desses a transportar um bebé... ou é parecido:)
    Gosto dessas tradições...
    Quanto aos medos, aprendemos a viver com eles, mas é dificil ver os nossos filhos com eles. O Rafa dorme com um elefante para "não ter sonhos maus":)

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia essa lenda, mas gostei muito de saber da sua existência... Acho que é por esse motivo que faço bonecos de vez em quando!*

    :-)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...