3.12.2009

até sempre



era Outubro o Verão parecia ter começado. Em casa habitava a tranquilidade que o Torcato trazia sempre que cá estava. As leituras exteriores. as conversas. as cervejas que compensavam o calor. Os jantares com os amigos alentejanos que nós fazíamos questão, prolongavam-se debaixo da buganvília. as noites eram curtas e não nos apetecia que acabassem.

Era Outubro e o Torcato veio, inquieto, o João tinha sido internado. Fez-se dois ou três telefonemas para médicos amigos. A notícia era triste. Muito triste. Chorei no ombro dele. Sem sabermos que poucos meses depois e sem nos avisar o Torcato ía embora.

Naquele dia estivemos com o João e com a sua coragem. Um ano depois parte e deixa-nos a todos mais vazios

3 comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...