3.16.2009

arrumações



No meio de mudanças da biblioteca, de uma estante que está para chegar capaz de alojar bem mais e melhor, encontrei estes dois livros que foram surrupiados da casa da minha mãe.

Gosto deles, talvez também porque a ela lhe disseram muito. A dedicatória reservo-a. mas a propósito de Edgar Allan Poe e da comemoração do bicentenário do seu nascimento relembro-me do trabalho de Tim Burton Vincent, inspirado desde sempre na obra de Poe e produzido em stop motion um desafio sem dúvida à paciência.

Vincent conta a história de um menino que gostaria de ser como seu ídolo, o actor americano de filmes de terror Vincent Price (1911-1993), sendo este o narrador do próprio filme de Tim Burton. Ambos com forte influência na obra gótica de Poe.

The Raven é outro tributo a Edgar Allan Poe, feito por Lou Reed o ex-músico dos Velvet Underground.

1 comentário:

  1. a animação é sempre um teste de paciência (extremo?), "animation is very simple, and as with all simple things, the hardest to be done", de cor, é qq coisa assim próximo, dito por um professor de movimento e animação na escola de animação que o Disney criou nos estúdios

    o simples, a simplicidade, como trabalhoso de alcançar porque temos que colocar de lado os filtros que fomos aprendendo e nos foram ensinando

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...