3.14.2009

alambazar




apesar dos dias pedirem rua, as noites ainda se têm frias e pedem o aconchego de casa. cada vez mais distante do que se compra feito entrego-me a alguns prazeres. nem que seja o prazer de sentir o cheiro a bolos quentes a invadir as salas.

à espera do livro "O incrível rapaz que comia livros" de Oliver Jeffers (vale a pena ver o site com atenção) e editado pela Orfeu, sinto que cada vez mais me apetece juntar a arte de comer com a de ler

também no campo da leitura e para os mais pequeninos (onde me apetecia permanecer), a Câmara de Lisboa promove a I Festa do Livro Infantil a decorrer de 27 Março a 5 de Abril na Praça da Figueira, sendo o seu ponto alto um atelier organizado pela Fundação José Saramago baseado no livro A Maior flor do Mundo.

A curta-metragem de animação adaptada do livro de José Saramago, A Maior Flor do Mundo, realizada por Juan Pablo Etcheverry e com música de Emilio Aragón, acaba de receber o Prémio de Melhor Curta de Animação no 1.º Festival de Madama, realizado na localidade de Sanxenxo

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. ah esse sabor de letras
    com cheiro a chocolate quente
    num forno lento
    em aconchego
    a massa sentida
    em abraço de forma
    que contém
    tantos os sentidos
    sentidos
    nos sabores
    saboreados
    lentamente
    tão
    lentamente
    uma dentada em ti
    bolo
    quente
    um quente
    morno
    sabor
    intenso
    do sabor
    à cor
    chocolate
    do chocolate
    quente

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...