1.30.2009

pinceladas



do estado da perna do M.
"ainda me dói, mas já estou melhor" ...


e ainda sobre mim

Tirei o curso de design gráfico, mas o que eu gosto mesmo de fazer é desenhar e foi com esse objectivo que há 7 anos decidimos vir viver para o Alentejo. Para pintar. Pintar…
Habituada a ver o mar desde que nasci esta imensidão verde deixa-me algumas vezes melancólica.

Os primeiros anos foram difíceis. Eu transpirava cidade e coisas bonitas. Bonitas porque não conhecia outras realidades. Habituada ao frenesim dos jornais, às tertúlias que se estendiam pelas noites, às conversas infindáveis que aos poucos davam lugar ao sono.

Senti-me a adormecer.

Hoje tudo mudou, não sei bem se respiro campo e transpiro cidade ou vice-versa.
As tertúlias aconteceram em novo espaço, com novos amigos. E quando chegam a casa os da distância é como se me reencontrasse uma vez mais.
Voltou a pintura e uma calma interior.

(Pelas minhas contas faltam-me ainda umas dez coisas sobre mim)

Este quadro faz parte de uma exposição em Castro Daire a inaugurar a 16 de Fevereiro (completo aqui)

4 comentários:

  1. Bom dia!! Temos pensado em ir para fora... mas para uma cidade pequena, não sei ainda... a vidinha dá tantas voltas :D

    ResponderEliminar
  2. Este comentário saiu um pouco desorganizado, paciência, era só para dar os "bons-dias"!! ;)

    ResponderEliminar
  3. "a inaugurar a 16 de Fevereiro" e onde, local?

    ResponderEliminar
  4. Olha que trocar a cidade pelo sossego do Alentejo não é coisa fácil. Eu adoro a planície, mas ao fim de dois ou três dias começo a ficar "doente" :-P

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...