1.14.2009

little red riding hood





Apesar da psicanálise ter atribuido a estas duas personagens (o lobo e o capuchinho) um carácter sexual tão forte, confesso, prefiro deixá-lo para um Eu teórico.
A beleza, a estética e a emotividade aliada a uma dada candura faz da história do capuchinho vermelho e dentro do universo dos irmãos Grimm uma das minhas preferidas.

lobos que me fascinam

meninos que se vestem de lobos em pele de cordeiro

revistas que os materializam

pessoas que os reinventam articulando-os ou simplesmente dando-lhes novas formas

e de livros diferentes

6 comentários:

  1. Eu também gosto muito do Capuchinho Vermelho. Esta história oferece-nos um conjunto magnífico de ingredientes para explorar em termos visuais, estéticos e plásticos. Tenho vários livros do Capuchinho ilustrados por diferentes pessoas e ando sempre à procura de mais. Mas esse que referes aqui, não conhecia e é maravilhoso.
    Eu própria já transformei o meu Mike nesta personagem ( http://www.flickr.com/photos/zai-zai/421976496/in/set-72157594419699029/ )
    :))

    ResponderEliminar
  2. Também tive uns sapatinhos vermelhos!!! Ainda andam por casa dos meus Pais!!

    Adorei, beijos

    ResponderEliminar
  3. Também gosto muitíssimo deste conto e adorei conhecer o teu blog. Vou explorar mais. Vou voltar mais ;) Obrigada também pela visita.

    ResponderEliminar
  4. Essa história tem mesmo algo de onírico que nos transporta sempre para trás no tempo.
    Parabéns pelo blog! Lindas as imagens e as palavras que as acompanham. Até breve!

    ResponderEliminar
  5. Que lindo blog e que ilustrações fabulosas, muitos parabéns!!

    :)

    ResponderEliminar
  6. nunca ninguém fala da floresta
    atravessada
    deixada só
    ponto de passagem

    ora, falo eu:
    a floresta, essa incompreendida,
    que mete medo no escuro
    e deixa o escuro às aranhas
    quando as árvores se lembram e vão de passeio

    há florestas e florestas
    flores e seus cantores
    caminhos e avessos
    por entre árvores ladinas

    pronto, falei da floresta

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...