9.29.2008

mãe de muitos




cada ilustração que nasce é um filho, com todas as ambivalências, que isso acarreta, com as dores de um parto, com as alegrias, com tudo, mas há uma coisa que me custa e não é vê-las partir, porque isso é como o ciclo natural da vida, em que em determinado momento temos mesmo de os deixar partir. o que custa no caso das ilustrações é não ter notícias. obrigada a quem me vai falando destes filhos

4 comentários:

  1. Fico encantada com as tuas ilustrações, com os pormenores, parece que cada pedacinho de tecido, cada botão têm uma história, uma história de encantar e são escolhidos com muito carinho!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...